Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010

Garrano

História:

“Garrano” deriva de "gher", que significa "baixo” ou “pequeno" e que originou a palavra "guerran" que significa cavalo em galego.
O Garrano é a raça de cavalos portuguesa mais antiga, estando presente no Norte de Portugal desde tempos pré-históricos. Pode inclusivamente ser encontrado em pinturas rupestres um cavalo muito semelhante ao Garrano, o que nos leva a pensar que de que este pónei sofreu poucas alterações ao longo do tempo. Durante muito tempo, o Garrano foi utilizado pela população na agricultura e como cavalo de transporte e sela. Chegou ainda a prestar serviços no exército.

Características:

Quando se começou a ganhar consciência da necessidade de preservar estes cavalos, redescobriu-se o temperamento dócil e amistoso dos Garranos que os tornam ideias para crianças.
São de treino fácil e dão-se bem terrenos montanhosos.
Fortes e resistentes, estes cavalos suportam bem os rigores do tempo transmontano.

 

Pode medir até 1,40 e pesar até 200kg.

Publicado por Reino Animalis às 08:03
Link | Comentar | Ver comentários (5) | Favoritos
Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Esquilo

Características:

Os esquilos são mamíferos roedores que vivem nos cimos das árvores, conseguindo saltar de ramos em ramos que estejam a 5m metros de distância. As suas presas são extremamente fortes. Podem ter 10 crias por ninhadas e, em estado adulto, podem medir cerca de 30cm.

 

Distribuição:

Estão espalhados por praticamente todo o mundo, por sítios onde os climas são amenos.

 

Alimentação:

Os esquilos gostam de comer nozes, bolotas, frutas e sementes.

 

Curiosidade:

Os olhos dos esquilos são grandes e têm um alto poder de focagem; para além de verem o que está à sua frente também consegue ver parte do que está atrás de si.

Para encontrarem as nozes que escondem, os esquilos descascam-nas e lambem-nas o esfregam na barriga. Quando as quiserem desenterrar basta seguir o cheiro!

 

Publicado por Reino Animalis às 07:34
Link | Comentar | Ver comentários (1) | Favoritos
Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

Gato Siamês

Principais características e história:

O gato siamês é uma raça ocidental. É muito fácil de reconhecer: tem um corpo elegante e uma cabeça faz lembrar um triângulo. Acredita-se que apareceram no Sudoeste Asiático mais especificamente no Sião (actual Tailândia) onde eram autênticos gatos da realeza. De lá foram para Inglaterra, em 1884 e depois espalharam-se por todo o mundo.

 

Reprodução:

A fêmea atinge a puberdade mais cedo que as outras raças. Com apenas 5 meses já tem o primeiro cio correndo o risco de ficar prenha. Um mês depois do acasalamento as suas maminhas irão começar a inchar e até se pode sentir os filhotes no ventre. As crias quando nascem são completamente brancas mas depois vão escurecendo conforme vão crescendo. Apesar de serem gatos frágeis a niveis de doenças, são gatos que podem viver até aos 20 anos.

 Fotos de  COMPRO GATO SIAMES 

  

Comportamento:

O gato siamês por vezes é chamado de "gato-cão" porque, quanto á sua personalidade ele é quase que um cão: pode ser passeado pela trela e ainda pode aprender o truque de "ir buscar". É fiel e adora mimos (todos os gatos gostam). No cio, as fêmeas podem ficar histéricas: rebolam no chão, correrem pela casa.

 

  
  
  
  
  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Variantes:
O Siamês tem quatro variantes clássicas:
Seal Point – Os primeiros gatos Siameses exportados da Ásia para o Ocidente eram Seal Point. As extremidades desta variedade são castanhas escuras, quase negras, e o corpo de cor contrastante é fulvo pálido.

Blue Point –  Reconhecidos em 1934, os Siameses desta variante têm o corpo branco azulado com as extremidades azuis escuras, quase acinzentadas.

Chocolate Point – Apesar de ser a segunda variedade a surgir, foi reconhecida depois do Blue Point. O corpo é cor creme e as patas, orelhas, cauda e focinho são cor de chocolate de leite.

Lilac Point – Em 1995, foi reconhecida esta variedade do Siamês. Os tons das extremidades são rosados com ares de cinzento e o corpo deve ser totalmente branco, segundo o estalão norte-americano, mas os ingleses permitem outras tonalidades ligeiras.

Muitos criadores consideram ainda que o verdadeiro Siamês é o Seal Point.
 
Curiosidade:
Os Siameses apresentam as extremidades escuras, mas nascem com uma cor sólida. Isto deve-se, curiosamente, à temperatura. As zonas mais frias do gato pintam-se de escuro com o tempo. Nas regiões mais quentes, os Siameses são mais claros. Os primeiros Siameses importados da Tailândia eram mais claros do que os Siameses que se encontram agora no Ocidente.
Publicado por Reino Animalis às 08:30
Link | Comentar | Ver comentários (3) | Favoritos

Reino Animalis


ver perfil

seguir perfil

. 4 seguidores

Nome do blog: Reino Animalis

Desde: 1 de Dezembro de 2010

E-mail: reino-animalis@hotmail.com

Gerentes: Dahlie e Teresa

Visitas:

contador desde 1 de dezembro de 2010
contador de visitantes

Pessoas que estão a ver o blog neste momento::

Pesquisa

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

animais aéreos

animais aquáticos

animais domésticos

animais selvagens

animais terrestres

aves

blog

cães

cavalos

chat

conta-nos

curiosidades

gatos

imagina que...

mamíferos

marsupiais

notícia esporádica

omnívoros

répteis

roedores

sim ou não

tartarugas

video da semana

todas as tags

Afiliados